A Dimensão da Coisa

Esta história do controlo da TVI está cada vez mais interessante. Não que tenham surgido casos novos, mas as reacções que começam a surgir (tímidas) dos partidos da oposição indiciam que as minhas suspeitas podem estar a confirmar-se – a coisa pode ser muito maior que um mero caso de pressão sobre a comunicação social.

É óbvio que ninguém iria mexer os recursos financeiros, e não só, necessários à aquisição da TVI por causa da Manuela Moura Guedes, do marido dela ou de outra merda desse género. Como já tinha dito num post qualquer, o controlo dos meios de comunicação não é um fim em si mesmo, tem o objectivo de permitir o controlo outra coisa qualquer. Quando essa coisa qualquer é a possiblidade de controlar o fluxo de metade do PIB português, então até pode valer a pena comprar uma estação de televisão, porque passa a haver dinheiro para isso.

A recepção do discurso do Rangel no parlamento europeu é fantástica. Não por parte do PS e do Assis, que desse sabujo não vêm surpresas, mas do próprio PSD e, pasme-se, do Bloco por intermédio do seu deputado europeu do quadro, Miguel Portas. Do PSD veio logo o Aguiar Branco com falinhas mansas a dizer que é preciso uma certa calma que existem indícios mas não passam disso e blá,balá, que compreende o discurso do seu companheiro mas,….. Do Portas veio que queria ver o PSD a apoiar a iniciativa da constituição de um comissão de inquérito no parlamento português porque não se podia deixar que a questão caisse nos tribunais ou na polícia porque a democracia portuguesa tem os mecanismos que podem levar a esclarecimento da questão, etc….

O Portas, ou é um completo asno, ou a coisa cheira mal. Nunca na história uma comissão paralamentar de inquérito chegou a uma conclusão credível e a melhor  maneira de enterrar um assunto no esquecimento é, exactamente, fazer uma comissão parlamentar de inquérito. Como de asno o sujeito não parece ter nada, de que é que ele anda à procura? Porque quer o BE enterrar o assunto?

Porque é que o Aguiar Branco veio a correr mostrar que o PSD não está com as declarações do Rangel? Porque é que o PSD foge de acusar o governo daquilo que parece razoavelmente óbvio quando por qualquer merda mais ridícula arma logo um granel dos antigos?

Aquilo que parece é que o dinheiro que se arranjaria para pagar uma TVI, também daria para uns brindes de oferta. Este situação que seria, em qualquer lugar do mundo, uma catástrofe para o governo, parece estar a ser recebido como uma catástrofe para todo o sistema político. O que me leva à pergunta sacramental, qual é a verdadeira dimensão da coisa?

 

Anúncios

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

10 respostas a A Dimensão da Coisa

  1. O titulo deste post podia ser “Camarada Toni ainda mais maquiavélico do que qualquer politico”

    Não me interessam os aspectos maquiavélicos do “processo” estou mais interessado nas consequências das palavras inconsequentes de Rangel e de Almunia, e essas já fizeram “feridos”, assim como estou interessado nas palavras de Portas (Miguel) ou de Aguiar Branco, Portas teve o necessário discernimento para entender que aquilo que Almunia disse é grave, mas mais grave e inconsequente foram as palavras de Rangel, Aguiar Branco pensa “pequeno” aliás o PSD pensa “pequeno” pensa que aquilo que é dito entre portas não é escutado fora delas, e que as consequências são internas, o PSD está mais interessado em fazer o “jogo das cadeiras” do que tratar da vidinha daqueles que todos os dias dão o litro para os “nabos” como ele e Ramgel, poderem “cagar postas de pescada” aqui e no PE.

    As consequências desta guerra estão à vista, para já dinheiro mais caro, as outras vêm a caminho.

    • Elisiário,

      Isso é tinto… O dinheiro está caro por sua culpa, não do Rangel, do Almunia ou do Portas. O Almunia fez 1/250 do que fez o Deutsche Bank ao dizer que ia livrar-se das obrigações de Portugal e de Espanha. O problema foi você querer que os Sócrates, os Santanas e o Guterres da vida andassem a pedir dinheiro emprestado para Euros e TGV’s e o caralho. E contra isso, batatas….

      • Esses criaram a divida, estes, com discursos merdosos aumentaram o juro da divida que os outros criaram.

        É que as palavras hoje têm consequências politicas e económicas.

        Hoje dá-se um “peido” na Assembleia da Republica e passado uma fracção de segundos o mundo inteiro sabe.

      • Ora, Elisiário, o Deutsche Bank decidiu isso antes do Almunia. E como o Deutsche Bank todos os outros mega bancos do mundo. Acha que é por causa dos discursos? Eles estão-se a cagar para os discursos.

        Diga-me, Elisiário, metia o seu dinheiro nalguma coisa por causa do Sócrates ou do Rangel? Então porque é que acha que o JP Morgan ou o Deutsche o farão?

  2. A instabilidade criada por declarações inconsequentes de merdosos que chegaram à politica não se sabe bem como, faz com que os mercados reajam desta forma, se os mercados acham que o pais vai no futuro ter problemas de instabilidade é natural que aumente o custo do dinheiro.

  3. Isso são ideias feitas. O Deutsche Bank (que foi aquele que o disse publicamente) disse que voltava a comprar obrigações ibéricas se o pessoal se portasse bem?
    Esse pessoal quer ver défice limpos e dívida pública estável. O resto, até pode meter um Berlusconi como primeiro-ministro (chega de merdoso ou conhece algum maior?)

  4. cmonteiro diz:

    Não gosto nada da forma como os comentários aparecem neste novo layout…

  5. A Fitch diz que “o risco de Portugal falhar o pagamento das dividas é quase zero”.

    O optimismo da agência é contraditório com o mercado, ou são os bancos a aproveitarem-se desta confusão interna?

    • Na realidade, isso só tem a ver com a regulação e com os consumos de capital. Não basta haver risco de não pagar, basta o risco de descer o rating a um ponto tal que os reguladores comecem a pedir mais capital para os bancos manterem essas posições. E não estamos assim tão longe…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s