Ca da mãe às costas!…

Porque é que passar a taxar a poupança para reforma das pessoas é combate à despesa inútil mas pagar a 40 mil professores que não têm alunos não é? A subvenção estatal para o Bloco de Esquerda, não é uma despesa inútil, porquê? Sempre gostei muito destes filhos de pai incógnito que se dizem de esquerda por causa dos mais desfavorecidos. Lá trabalhar, que é bom, isso … Se fossem com a da mãe às costas…

Anúncios

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

5 respostas a Ca da mãe às costas!…

  1. Sérgio Pinto diz:

    Toni,

    Sabes perfeitamente que é enganador dizer que se quer ‘passar a taxar a poupança das pessoas’. Isso já é taxado, é essa a generalidade – podem é ser concedidos benefícios/isenções.
    E também sabes que, ao contrário do discurso do Sócrates, não é a “classe média” que tira proveito disso.

    E o que é que as considerações sobre o que os BEs trabalham têm a ver com o que quer que seja?…

  2. A poupança para a reforma das pessoas é essa tem benefícios fiscais e é essa que o BE quer taxar. E o que tem a ver a classe média com isto? Se for para a classe média é bom, se for para as outras é mau? Se de esquerda é beneficiar a classe média em prejuízo dos outros?

    Se os BE trabalhassem o PIB era maior e a receita também. Mas como preferem ir buscar dinheiro a outro lado…

  3. Sérgio Pinto diz:

    Quer dizer simplesmente que faz muito pouco sentido elaborar medidas que beneficiam a parte da população com melhores condições de vida. Lamento, mas parece-me mais útil e urgente melhorar a da que vive com mais problemas.

    E não te ocorre que os BEs já trabalhem? E que a razão para defenderem o que defendem não é inveja nem vontade de emriquecer à tua conta? Que haja pessoas para quem enriquecer não seja o objectivo máximo de vida?

  4. Então porque é que não melhora?

    O problema é que as necessidades das pessoas necessitadas não são mais metade da riqueza das outras todas, senão metade das pessoas são necessitadas. Como isto não é possível, é porque há quem viva das necessidades dos outros. Principal suspeito? Quem tenta ir buscar mais dinheiro aos sítios moralmente condenáveis, como as poupanças para a velhice, para pagar este parasitismo. O BE!

  5. Sérgio Pinto diz:

    Não melhora? Se prolongares o subsídio de desemprego não melhora? Se proporcionares formação aos desempregados também não?

    Quem define o Orçamento? Quem define as prioridades subjacentes às políticas públicas? Quem nomeia administradores a torto e a direito com base no critério “cartão partidário”? Pois, como a resposta a isto nunca pode ser “O BE”, então não faz sentido dizer que os culpados são eles. Não te estou a dizer que o funcionamento do Estado é perfeito, mas quando algo funciona mal, assassinar a solução actual não é necessariamente grande ideia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s