PEC

Tenho um buraco no balde que me faz descer o nível de água. A solução para o problema é:

a) Meto mais água;

b) Tapo o buraco;

c) Acho que a Manuela Ferreira Leite é velha.

Se respondeu a) siga para o Terreiro do Paço, passe pelo Vara para lhe oferecer robalos e parabéns, é Ministro das Finanças. Se respondeu b) é um porco neoliberal vendido ao capital que foge ao fisco. Se respondeu c), é por sua causa que estamos assim, obrigado.

Anúncios

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

7 respostas a PEC

  1. Enquanto não conseguir tapar o buraco tenho que colocar mais àgua….

    O mesmo é dizer que enquanto não conseguir equilibrar as contas publicas tenho que me servir do estratagema de cobrar impostos, e têm que ser todos a pagar, não é só aqueles que não podem dizer não.

  2. O que é uma formula de sucesso, aliás…nem sei como acabámos assim…

  3. só existe duas formas de fazer isto, uma é a certa a outra a errada, comprovadamente a sua é a errada.

    A sua forma poria as contas publicas “nos trinques” num instante, as classes mais favorecidas, com maiores rendimentos todos contentes, e mais de cinco milhões de portugueses na penuria e sem protecção social, além de crianças em idade escolar a trabalhar, bem voltavamos à idade média.

  4. E tirava as virgindade às meninas todas, esqueceu-se desta na sua visão do mundo a preto e branco.

  5. Não, o camarada não pode é dissociar a parte económica da parte politica, os estados têm o dever SOCIAL de olhar pelo povinho, retirar ao estado meios para o fazer é criar mais pobreza e mais dependência, é aquela visão neoliberal ou de 3ª via do Blair que deu os “belos” resultados que estão à vista.

    O que temos de discutir é o modelo de sociedade que queremos, se queremos a desumanização pelo lucro ou se queremos uma sociedade onde possamos ser cidadãos de pleno direito.

  6. Desde quando o modelo de sociedade está em discussão? Ou é sequer passível de discussão?

  7. Eu também penso que não, nas a forma como se olha para a situação, e não estou só a falar de Portugal, leva-me a pensar que exista quem queira discutir o modelo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s