Surpreendentemente

Pela primeira vez ouvi um discurso no 25 de Abril coincidente com os propósitos do 25 de Abril. Surpreendentemente, saiu da boca mais improvável – Aguiar Branco. Finalmente, alguém disse com todas as letras que a finalidade do 25 de Abril era a liberdade e não a “liberdade-que-alguns-acham-que-é “. Se aquilo que saiu da boca é aquilo que estava no cérebro, já não sei e duvido muito. Mas que é aquilo que sempre escrevi por aqui e que sempre defendi, é.

Anúncios

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a Surpreendentemente

  1. Um discurso com principio meio e fim, um senão, quer uma nova revisão da Constituição quando os constitucionalistas, à direita e à esquerda, afirmaram que ela não é necessária.

    Eu nunca tive duvidas que Aguiar Branco é um Social Democrata.

  2. Por isso mesmo este discurso foi surpreendente.

    Os constitucionalistas querem aquilo que lhes dá dinheiro e aquilo que lhes dá dinheiro é confusão. 90% da constituição não presta para nada senão fazer com que o estado não cumpra com os outros 10%

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s