O invertebrado.

Todos conhecem a história da lagartixa fêmea e da lagartixa macho que juntas atravessavam uma estrada, embora invertebrado não é de lagartixas que vos venho falar, mas sim daquele invertebrado que, mais ou menos há um ano, lançou no pasquim que dirigia aquela historieta do assessor do presidente e as escutas.

O invertebrado hoje escreve sem escrever, acusa sem acusar, ou melhor, insinua sem nomear, só com a imagem, como é tónica nos covardes.

Anúncios

Sobre Elisiário Figueiredo

Camaradas...! Eh, camaradas...! ouvi, Que vou dizer-vos quem sois, Pois vou dizer-vos quem sou.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a O invertebrado.

  1. Tonibler diz:

    Parece-me bastante claro. Está a acusar a procuradora-geral adjunta de lavar a acusação ao primeiro-ministro.

  2. Claro é quando se escreve preto no branco, como eu fiz chamando-lhe invertebrado, agora se em vez de o escrever coloca-se a fotografia de um invertebrado aludindo a um qualquer facto do individuo, estava a insinuar, a escrever sem escrever….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s