O cúmplice

Quando as estradas faziam parte do património do estado, o orçamento do estado, que aloca os impostos às despesas, pagava a manutenção e construção das estradas. Â boa maneira socialista, o governo passou as estradas para uma empresa pública e nomeou um cúmplice, o Almerindo Marques que tanto sucesso tinha feito na RTP ao aumentar as receitas com recurso à taxa de televisão.

O cúmplice veio agora dizer que a empresa para ser viável precisa de cobrar portagens. Isto é surpreendente porque a empresa já era viável antes do Almerindo Marques pegar nela, só não estava autonomizada em empresa pública. Como o governo não está a reduzir impostos, pelo contrário, o que está a fazer é roubar o dinheiro das estradas e mandar o Almerindo roubar dinheiro aos utentes para usarem uma coisa que já pagaram.

O que é surpreendente é que há pouco tempo vi o Almerindo a defender que os gestores deviam ser mais bem pagos. Mais no seu caso atendendo que a única coisa que faz, e já tinha feito na RTP, é surrupiar dinheiro aos donos da casa para lá dormirem.

Anúncios

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

17 respostas a O cúmplice

  1. cmonteiro diz:

    Que coisa fabulosa é essa do “aloca os impostos às despesas”?…

  2. Tonibler diz:

    Então, é isso o orçamento…Vamos receber x de impostos e gastar y de despesas…

  3. cmonteiro diz:

    E onde é que está a diferença para a situação actual?

  4. Tonibler diz:

    A situação actual é que ninguém te baixou os impostos, mas passaram as estradas para dentro de uma empresa pública que anda a contrair dívida como uma galáxia e vai passar a cobrar portagens por uma coisa que já pagaste. No fim, vais pagar prémio a este gestor maravilha porque até conseguiu reduzir custos…

  5. cmonteiro diz:

    mas tu achavas que a cambada de corruptos do anterior organismo tornava a coisa sustentável? Podes dizer-me qual era o défice do anterior organismo publico e da EP agora?

    É que não conheço os números…

  6. Tonibler diz:

    Antes era um instituto público…

  7. Tonibler diz:

    Mesma merda. Qual é o défice das forças armadas? E da polícia?

  8. cmonteiro diz:

    Há números, apesar da tua comparação ser disparatada. Mas pronto, já devia ter deduzido que estavas a falar de cor…

    O facto de ser instituto ou EP não invalida que se queres mais estradas, vais ter que paga-las uma a uma. Se gostas ou não que o Almerindo diga isto é indiferente.

  9. Tonibler diz:

    Sim, por isso é que antes te vendiam portagens nas estradas, certo? De qualquer forma é bom, assim vais-me explicar para que servem os impostos. Para pagar o ordenado do Almerindo, certo?

  10. cmonteiro diz:

    Sim, obviamente que entre muitas coisas, os impostos servem para pagar ordenados. Se não convives bem com isso, tens que arranjar um país só teu.

    A minha grande questão é: que dados tens para crer que o instituto era fantástico e a EP é uma merda?…

    Dados…

  11. Tonibler diz:

    a EP quer cobrar portagens sem se reduzir os impostos. Serve para roubar.

  12. cmonteiro diz:

    Se calhar é porque os impostos não pagam coisa nenhuma nem nunca pagaram. Masok ok, o instituto é que é porque não se sabe como é que o dinheiro vai e vem. És português, como é bom de ver…

  13. Tonibler diz:

    Não pagam? Então pagam o quê?

  14. cmonteiro diz:

    Zero. Não há dinheiro. É isso que o Almerindo diz. Os outros não diziam porque o teu querido instituto era o local mais corrupto de Portugal.

  15. Tonibler diz:

    Oh meu, se fizer uma empresa pública só com o hospital de S.Maria e sem pagamentos do estado, vão-te dizer que não há dinheiro e que vão ter que cobrar aos utentes. Certo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s