Naaaããããoooo! A sério?!?!?

Moodys prevê que Portugal falhe metas de défice e dívida em 2010 e 2011

Não pode ser. Depois de tanta redução da despesa…

Anúncios

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

13 respostas a Naaaããããoooo! A sério?!?!?

  1. Esses gajos da Moodys são são mesmos que avaliaram o Lehman 15 minutos antes de ele dar o “rebenta”? É que se são, deixe que lhe diga não merecem a menor credibilidade…

  2. Tonibler diz:

    Sim, Elisiário, os credores internacionais terão algumas dúvidas entre quem devem dar credibilidade, se à Moddy’s, se ao Pinóq…, perdão, ao gajo do Freep…, perdão, ao gajo da licenciatur…, perdão, ao gajo da barragem do Castelo…, perdão, ao gajo do Herron…perdão, ao….

  3. Eu estou-me a cagar para o Pinóq…, perdão, o gajo do Freep…, perdão, o gajo da licenciatur…, perdão, o gajo da barragem do Castelo…, perdão, o gajo do Herron…perdão, o…. no entanto gostava que o Pinóq…, perdão, o gajo do Freep…, perdão, o gajo da licenciatur…, perdão, o gajo da barragem do Castelo…, perdão, o gajo do Herron…perdão, o…. lhes desse no final de 2010 e 2011 com essa na tromba.

  4. Tonibler diz:

    Pois, mas as pessoas que escolhem a quem emprestar o dinheiro, não…

  5. Ficou demonstrado que as Agências de rating se enganam como gente grande, aquilo que aconteceu em finais de 2007 ninguém previa nem mesmo essas agências que agora todos endeusem, no entanto eram elas que classificavam o que era bom e o que era mau, viu-se, o Lehman tinha, salvo erro, AAA ou Aaa, DEU O BERRO e com que estrondo, eu não tenho culpa que os financeiros deste mundo continuem a acreditar naquilo que não é credível, para bem de todos gostava que chegássemos ao final do ano de 2010 e 2011 e os desmentíssemos.

  6. Tonibler diz:

    Isso tudo Elisiário. Mas, ou está disponível para emprestar 160 mil milhões de euros ao estado português, ou papa aquilo que os credores querem comer.

    Tirando isso tudo, a Moody’s tem razão e sempre teve razão relativamente a Portugal. Ou seja, pode estar errada em relação a tudo menos ao estado português que, diga-se, até é muito suave. Qualquer pessoa que não faça parte do grupo do PS sabe que o estado português não paga um caralho a ninguém e que o rating dele face a qualquer empresa portuguesa é “Default”. Portanto, vir com essa conversa de o demónio Moody’s, para cima de mim, não! O rating que a Moody’s dá está 7 ou 8 níveis acima daquele que qualquer empresa portuguesa lhe dá.

  7. Luis Boavida diz:

    Não sei se leu isto, claro que leu mas não lhe interessa…

    http://economia.publico.pt/Noticia/stiglitz-adverte-que-a-europa-arrisca-nova-recessao-devido-a-vaga-de-austeridade_1452656

    É obvio demais, é aquilo que Elisario anda a dizer à meses.

  8. Tonibler diz:

    Li. E?!?!? Será que me dão um Nobel se disser que a Europa arrisca a que não tenha uma nova recessão?

    Mas, Luis, pode-me sempre inventariar os investimentos que têm retorno e os que não têm…

  9. Luis Boavida diz:

    Aquilo que para mim tem retorno poderá para si não o ter, depende do prazo, depende daquilo que se entende por retorno, depende…..

  10. Luis Boavida diz:

    Vamos agarrar em obras publicas polémicas, por exemplo TGV, tem retorno para si? para mim tem, obras no Porto de Sines para possibilitar a acostagem de navios de grande porte, ,para si tem retorno? para mim tem se existir TGV etc. etc.

    • cmonteiro diz:

      Oh Luís, isto não é uma questão de opinião pessoal. Ao longo de todo o processo onde os dois partidos estão enterrados até às ORELHAS foi-nos dito que ia ter retorno financeiro imediato. Afinal não tinha. bem pelo contrário, é um enterro para a vida. Depois ia promover o emprego. Até a velha dizer o que toda a gente pensava: temporáriamente e de imigração. Agora também tentam vender o filme do desenvolvimento a longo prazo.

      Já vi este filme no Alqueva. E você também. Vamos para Madrid de avião que custa 60 euros, e deixe a A6 tratar do assunto, que ainda continua vazia.

  11. Tonibler diz:

    Pois, Boavida, depende… E como depende, eu posso sempre mandar uma boca à Stiglitz e dizer que não podemos parar os investimentos com retorno.

  12. Tonibler diz:

    Mas, Boavida, se os projectos têm retorno para si, invista neles, não me obrigue a ser seu sócio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s