O dinheiro dos nossos impostos

Eu bem sei que há uma grande diferença entre aquilo que se vê no CSI e aquilo que a justiça portuguesa é capaz de fazer. Não porque não tenha laboratórios daqueles, porque ninguém tem, mas porque as pessoas a quem nós pagamos são assim.

Repare-se que estamos a falar de alguém que está claramente fora da média. Conhece este mundo e o outro, tem dinheiro, posses e acesso a meios que a esmagadora maioria das pessoas não tem. Quantas pessoas não estão detidas por crimes “provados” desta maneira? Quando nós temos a ideia que os juízes “põem os bandidos na rua” não estarão eles a prevenir que milhares de inocentes sejam condenados por esta corja de incompetentes e mandriões?

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a O dinheiro dos nossos impostos

  1. Camarada, Coruche estava demais, a nossa equipa parece que se portou bem, os resultados só saem por volta das 16,30h, vou ficar à espera mas amanhã volto.

    O caso Casa Pia é mais um daqueles casos, como outros, que temos vindo a discutir aqui, uns por omissão das instituições judiciárias outros pela fuga de informações ou ainda pela via romancista que os nossos jornalistas têm, parece que existe em alguns dos jornalistas um Eça ou um Camilo no seu interior.

    À saída do tribunal Sá Fernandes disse que falta um verdadeiro jornalismo de investigação com conhecimentos jurídicos, porque não basta a boa vontade de um jornalista, mesmo que seja muito bom a fazer investigação, quando não conhece os termos e muito menos o código penal, é um pouco mais ou menos do que me meterem dentro de um avião e pedirem para eu levantar, só pelo facto de eu ser muito bom nos muitos simuladores de voo existentes para PC.

    Mais uma vez se praticou uma ilegalidade, quando se faz a leitura das penas é obrigatório os réus terem a fundamentação por escrito para a poderem consultar, não se verificou.

    Marinho Pinto, ontem na Figueira da Foz acusou a justiça de incompetência e mais algumas coisas que não pode dizer, mas adiantou dizendo: que corruptos existem em todo o lado, e mais adiantou dizendo que sabe mais mas que não pode falar.

    Vamos voltar a 2002 vamos voltar a ouvir coisas esquecidas, vamos ouvir falar de políticos e de outras figuras da nossa sociedade, ai vamos vamos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s