Trabalhar, não, mas…

CGTP vai “intensificar luta” contra “chantagem dos agiotas internacionais”

Lá fazer subir o PIB para pagar as dívidas, não, isso não. A culpa é dos agiotas que nos emprestaram dinheiro. Sacanas!

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a Trabalhar, não, mas…

  1. Sabe o que é realmente triste? 17% desse tipo de gente no parlamento e sindicatos completamente politizados.

    Viva Portugal, possivelmente o único país desenvolvido (será?) onde o comunismo (e variantes) é visto como solução.

    Acerca da greve geral, permitam-me o seguinte pedido: que caminhem nos passeios, em fila indiana, porque existe quem queira ir trabalhar.

    Abraço,

    Insurrecto Meditativo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s