Morreu Benoit Mandelbrot

Pior que os pontapés na economia dados hoje por um professor da FEP que, por enquanto, é ministro da economia, é a perda de um dos nomes mais importantes no estudo dos fenómenos em geral, mas também da economia em particular. De seu nome, Benoit Mandelbrot, matemático brilhante, daqueles que têm um raciocínio de uma clarividência absurda, deve-se a ele a descoberta da natureza fractal de muitos dos fenómenos que observamos, incluindo os económicos. Mesmo a expressão “fractal” para exprimir uma geometria não-linear é da sua autoria. E, em sua memória, fica a pergunta, adaptada:

Quantos km tem a costa portuguesa?

 

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a Morreu Benoit Mandelbrot

  1. Com os dois submarinos que o Portas mais o PSD compraram é fácil saber.

  2. Tonibler diz:

    E, ainda assim, só custaram uma fracção daquilo que nos custou o Vara.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s