Estes ingleses…

…só porque é o governo português a pagar acham que nem devem disfarçar. Ora vejam:

O jornal escreve que “Portugal tem razões para se sentir um pouco magoado”, uma vez que “não tem um problema de dívida externa ou um serviço público ‘gordo’ como a Grécia” nem “uma crise imobiliária e bancária como a Irlanda”.

O FT acrescenta que Portugal “sofreu uma forte dose de contágio dos seus parceiros da europeriferia”, com as taxas de juro da dívida pública portuguesa a 10 anos a subirem até aos 6,5% “face à possibilidade de o Governo minoritário falhar a aprovação no parlamento de um orçamento de austeridade para 2011”.

O jornal alerta, na sua secção Lex Column, que “o desafio [de Portugal] a longo prazo não são acertos orçamentais, mas sim alcançar crescimento económico sustentável depois de um 2011 fraco”, recordando que o Governo estima “um crescimento do PIB negligenciável [0,2%]” contra “um declínio de 1,1% previsto pelo Barclays Capital”. aqui

Um pouco mais de qualidade quando ser vende espaço no jornal, por favor.


Anúncios

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a Estes ingleses…

  1. Esse artigo foi escrito pelo departamento dos eremitas do Financial Times.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s