Onde está o magalhães??

Pacheco Pereira, um dos maiores sintomas do terceiro mundismo deste país, refila com o dinheiro gasto com o Magalhães. A presidência da República  gasta 21 milhões de euros e este gajo está preocupado com o Magalhães que, de facto e eu testemunho, levou as novas tecnologias a milhares de crianças??? Desperdício é o dinheiro que se gasta com parasitas destes.

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

4 respostas a Onde está o magalhães??

  1. O Camarada acaba de fazer com que eu inadvertidamente quebra-se uma jura, nunca mais ler nada do Pacheco Pereira nem abrir o Abrupto.

    Agradecia que da próxima vez que linkasse qualquer coisa dessa abjecta pessoa avisasse, por exemplo, PERIGO ou outra coisa do género.

  2. Primeiro, o Magalhães só é português no nome, porque no resto é da China, da Tailândia, e de outro país qualquer. Um projecto interessante levado a cabo por um país pobre, com necessidades bem mais importantes, e com recurso a um conjunto inóspito de contactos e aldrabices, como a ligação dúbia entre a empresa e o Governo Socialista. Qualquer projecto de dimensão considerável, em Portugal, acaba envolto em polémica e na utilização ineficiente de recursos públicos. Aliás, basta ver o frenesim rídiculo que se criou em torno desta “oferta” do Governo: dos países mais evoluídos do mundo, inédito; tudo aldrabices e facilitismos que inundaram toda a comunicação social.

    De acordo com os últimos estudos sobre os efeitos da tecnologia na educação das crianças (estudo analisado numa edição da The Economist), mais tecnologia significa menos empenho, menos utilização de determinadas capacidades cerebrais dos alunos.

    Na minha opinião, começava mesmo por oferecer manuais escolares, e não computadores. Quer um Magalhães? Vá à Feira da Ladra.

    Em relação ao Pacheco Pereira, é somente mais um “culto” que por aí anda. Que continue com a sessão fotográfica de bancos, um contributo espectacular.

  3. Pelo que sei, não existe qualquer tecnologia portuguesa no Magalhães. A caixa/embalagem não conta. Vou-me informar. Se estiver errado, virei aqui pedir desculpa pela infâmia.

  4. Tonibler diz:

    Insurrecto,

    Os custos do Magalhães são irrisórios face aos proveitos que tem. Infinitamente maiores que aqueles que se tem pagando ao palerma do Pacheco ou do Cavaco.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s