Dah!

Sócrates, Soares e co. segundo Henrique Neto

Sobre Tonibler

Um vintém será sempre um vintém, um cretino será sempre um cretino
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a Dah!

  1. cmonteiro diz:

    ena, encontraste mais uma coisinha a dizer mal do Soares! não é díficil, certamente, e não é pelo Sócrates que publicas isto de certeza. Mas o que me intriga é que volta e meia teces ou demonstras uma admiração sem limites pelo Henrique Neto, que contudo não deixa de ser socialista, coisa que tu abominas. Nem vai deixar.

    É a tua veia canhota a latejar.

  2. Quem fala do que não sabe diz asneira.

    Medina Carreira hoje em dia fala daquilo que deveria ter feito quando foi ministro das finanças e não fez, não fez por falta de “arte” ou por falta de “coragem”? Pouco importa, o que importa é que não fez.

    Henrique Neto fala hoje daquilo que deveria ter falado no tempo em que recebeu quantias chorudas dos vários programas europeus que inundaram a nossa economia e que não soube aproveitar, ou melhor, aproveitou (se), hoje, porque os actores são outros, ou porque ninguém o já coloca em “cena” diz parvoíces atrás de parvoíces.

    Não é Maçom quem quer, ser Maçom não é receber, antes pelo contrário, Henrique Neto nunca foi convidado a entrar na “mui nobre e distinta ordem Maçónica” porque o interesse sempre foi receber, isto pressupondo que ele algum dia teve intenção de lá entrar, o meu amigo que raramente se engana …, diz-me que sim, eu acredito.

    A Maçonaria não é nem nunca pretendeu ser um “poço de virtudes” no entanto, tem códigos que assim o indicam, mas não podemos esquecer que a Maçonaria é feita por homens, homens com diferenças de carácter, feitio, sensibilidade, educação e até civismo, muitos só se revelam, de forma positiva ou negativa, depois de lá entrar, é assim na Maçonaria como em qualquer outro sitio onde existem homens, diabolizar uma ordem que tem historicamente uma imagem que corresponde inteiramente à verdade, pelo simples facto de existirem uns cavalheiros que se dizem Maçons quando lhes convém e quando não lhes convém dizem precisamente o contrário, é fruto, no mínimo, de falta de imaginação ou de conveniência, ou atribuir a titularidade de Maçom a alguém, como se tratasse de um acto puramente adivinhatório ou jornalistico-pasquintaneiro, é no mínimo má-fé ou tentativa de puxar leitores para uma matéria que a maioria desconhece, mesmo os mais preparados.

    A discrição da Maçonaria leva a que muitos sejam favoráveis à sua abertura, desmistificando a actividade Maçónica, claro que eu sou o mais contra possível, abrasileirar a Maçonaria tornando-a inócua, a meu ver, não faz o mínimo sentido.

    Henrique Neto é um “animal ferido” que tinha como ambição ser Ministro da Industria, não foi convidado e acho que nem opção chegou a ser, segundo me diz o meu amigo que raramente se engana.., então passou ao ataque, tem razão naquilo que diz? Numas coisas tem noutras nem por isso, isso dá-lhe o direito de distribuir epítetos para a direita e para a esquerda? Não, até porque o espelho que tem em casa não lhe dá uma boa imagem de si próprio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s