Do Arrastão.

Sobre Elisiário Figueiredo

Camaradas...! Eh, camaradas...! ouvi, Que vou dizer-vos quem sois, Pois vou dizer-vos quem sou.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

6 respostas a Do Arrastão.

  1. Tonibler diz:

    É assim que os evangelistas funcionam. Dizem uma carrada de verdades para meterem mentiras pelo meio. O que é que este gajo diga que tem valor? Sim a economia é uma série de balanços e daí? Uma crise é exactamente o equilíbrio dos balanços que é feito em cadeia até que a sociedade se reorganiza. A austeridade vem do facto de todos estarem a equilibrar balanços, um estado não é diferente. Aquela separação que ele faz não existe na realidade, é uma patetice.

    • Sérgio Pinto diz:

      O que ele diz, e é verdade, é que o problema advém de estarem todos a acertar balanços simultaneamente. E, claro, tem ainda mais sentido no país dele, que não está sujeito às limitações da UE e que pode recorrer a investimento público para compensar a redução da procura agregada.

  2. Então o que é verdade? aquilo que os seus amigos do PSD dizem mas não fazem? ou aquilo que eles fazem mas não dizem?

  3. Tonibler diz:

    Elisiário,

    Ele diz bem que os bancos criaram um desbalanceamento por alavancarem com perspectivas erradas do risco. Aquilo que está a dizer é que a UE deve agora fazer a mesma coisa, enterrando o dinheiro em investimentos de altíssimo risco como é o caso da dívida pública portuguesa?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s